TarifaZero.org

uma cidade só existe para quem pode se movimentar por ela

Siga-nos no Twitter Acesse o nosso Flickr Siga-nos no Facebook Acesso o nosso Vimeo Feed


Tarifa zero experimental em São Paulo

April 11, 2014 por: camarada_d categoria: daniel guimarães

O pessoal da Luta Por Transporte do Extremo Sul em conjunto com o Movimento Passe Livre São Paulo planejaram, organizaram e botaram para funcionar hoje uma linha de ônibus, onde antes não havia nenhuma, e com tarifa zero, no trajeto Mambu-Marsilac.

Já pensaram que loucura se cada bairro fizer a sua linha (ainda mais se for uma linha que não existe, mas deveria) com tarifa zero e, depois disso, concluir que não aceitará outra coisa senão uma linha com tarifa zero? Onde isso irá parar: na exigência de que a cidade toda tenha muito ônibus, em muitos horários, em muitos trajetos, sem a cobrança da tarifa? Tomara e parece irreversível. Já que dá muito trabalho e é injusto a própria comunidade pagar por isso, sinto que a Prefeitura da Cidade de São Paulo vai ter que se virar, cobrar dos ricos e responder à demanda da turma.

Leia mais sobre a preparação dessa experiência histórica. continua →

Em comercial, Metrô-SP incentiva o assédio sexual

March 25, 2014 por: admin categoria: notícias

do Spresso SP

Comercial do Metrô de São Paulo veiculado no rádio justifica a superlotação dos trens nos horários de pico e tem conteúdo machista. Por esse motivo, os deputados estaduais do PT Alencar Santana e Luiz Cláudio Marcolino protocolaram  nesta terça-feira (25), na Promotoria de Justiça de Direitos Humanos de São Paulo, representação contra o secretário da Casa Civil do governo do Estado, Edson Aparecido; o diretor-presidente da CPTM, Mário Bandeira, e o diretor-presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, pela veiculação da peça.

Na propaganda, depois de ressaltar os investimentos do governo do Estado de São Paulo no transporte sobre trilhos, o ator da peça, identificado como “Gavião”, diz que “é normal, nos horários de pico, trem e metrô ficarem lotados”. Em seguida, fala que é até boa a superlotação, pela oportunidade de “xavecar a mulherada”. continua →

marcadores:

[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] SP gastará R$ 35 milhões com canhão de água e blindados antiprotesto

March 23, 2014 por: admin categoria: notícias

por Débora Melo

As ações da Polícia Militar do Estado de São Paulo no controle de manifestações vão contar com 14 veículos blindados, entre eles quatro caminhões equipados com canhões de água para dispersar multidões. O processo de licitação internacional, que foi aberto em dezembro e está em andamento, estima um gasto de até US$ 15 milhões com a frota, o equivalente a cerca de R$ 35 milhões.

Segundo a PM, cada veículo com jato de água deverá custar US$ 808.476 (R$ 1,8 milhão). Com capacidade para atingir pessoas que estejam a até 60 metros de distância, o canhão permitirá combinações de água com gás lacrimogêneo e tinta, que poderá ajudar na identificação posterior de manifestantes. continua →

[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] Para Copa, governo compra 2.691 armas de balas de borracha. Gasto: R$ 30 milhões

March 14, 2014 por: admin categoria: notícias

por Rodrigo Mattos, do UOL

O governo federal comprou um total de 2.691 kits com armas de balas de borracha e munição para distribuir a policiais para combater protestos na Copa-2014. O investimento total é de R$ 30 milhões, e representa apenas uma parte do gasto com armas não-letais. Impedir que manifestações afetem o Mundial e seus torcedores é uma das prioridades da União na segurança do evento.

Desde o início do protestos da Copa das Confederações, a União começou a adquirir armamento não-letal, realizando três compras com a empresa Condor Tecnologias não-letais, com sede no Rio de Janeiro. A primeira leva de equipamentos foi fornecida sem licitação por conta da urgência da competição do ano passado. As outras duas licitações foram vencidas pela mesma empresa, que vende para o exterior.

No total, o governo federal já gastou R$ 49,5 milhões com armas não letais. continua →

[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] Governo investe R$ 143 bilhões em mobilidade urbana

March 05, 2014 por: admin categoria: não tem dinheiro pra tarifa zero?

A presidente Dilma Rousseff disse hoje que o governo federal, em parceria com estados e municípios, está investindo R$ 143 bilhões em mobilidade urbana. Segundo a presidenta, a prioridade é o transporte sobre trilhos: são R$ 33 bilhões só do governo federal para construir metrôs em nove cidades brasileiras. “Nosso objetivo é ampliar e acelerar as obras, que vão tornar o transporte coletivo mais confortável, rápido e muito mais seguro e com um preço bem acessível”.  continua →

[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] Governo federal e sedes da Copa do Mundo estimam gastos de R$ 1,5 bilhão na compra de equipamentos de segurança

March 03, 2014 por: admin categoria: notícias

Autoridades estão preocupadas com manifestações programadas e com reação exagerada da polícia. A ordem é que haja um trabalho sincronizado entre os órgãos de segurança para evitar complicações.

Um robô anti bomba guiado por controle remoto. Tanques com jatos d’água potentes para dispersar multidões. Pequenas aeronovas que captam e transmitem som e imagem aos centros de comando, além do arsenal já conhecido dos manifestantes: spray de pimenta, pistola de choque e granadas de efeito moral.

O governo federal e doze estados, que vão receber jogos da copa do mundo, estimam gastos de um bilhão e meio de reais com a compra de armas, reformas de estruturas e cursos. continua →

Por uma vida sem catracas, MPL | SP

February 26, 2014 por: admin categoria: vídeos


 

A história e as ações do Movimento do Passe Livre – SP. Um desdobramento do A Partir de Agora – as Jornadas de Junho no Brasil.

Direção, roteiro e concepção: Carlos Pronzato
Direção de produção: Cristiane Paolinelli
Edição: Juca Badaró
Edição: abertura, teasers e pesquisas de imagens adicionais: Richardson Pontone
Trilha: Apanhador Só – “Feliz 2014″ , El Efecto – “Pedras e sonho” , Anthrax “in to the end”

Realização: Lamestiza Audiovisual

Brasil, fevereiro de 2014.

[São Paulo] Tatto se desculpa e admite rever cortes em linhas de ônibus, ‘se for preciso’

February 22, 2014 por: admin categoria: notícias

por Rodrigo Gomes

Secretário de Transportes também se comprometeu a não mudar nenhuma nova linha sem diálogo com a população e recebeu ‘Prêmio Catraca’ do Movimento Passe Livre

O secretário Municipal de Transportes da capital paulista, Jilmar Tatto, se comprometeu na noite de ontem (20) a receber comissões de moradores de regiões que tiveram alterações em linhas de ônibus, como extinção ou secção. Em resposta ao convite do Movimento Passe Livre (MPL), Tatto foi à frente do prédio da prefeitura de São Paulo, onde ouviu as reclamações de usuários de transporte. Cerca de 200 pessoas participavam do ato. “Vamos dialogar na próxima semana e ver o que é possível fazer. Se precisar voltar linha, vai voltar”, afirmou. continua →

Por que cortaram nossas linhas? Pergunte ao Tatto.

February 20, 2014 por: admin categoria: vídeos

por Movimento Passe Livre São Paulo

[São Paulo] Debate aberto sobre os Cortes de Linhas com o secretário de transportes

February 20, 2014 por: admin categoria: convocação

Em toda cidade, a SPTrans vem efetuando uma série de cortes de linhas de ônibus. Longe de serem casos isolados, os cortes fazem parte de uma política de “racionalização” do sistema que só serve para encher o bolso dos empresários, às custas do sofrimento da população com ônibus mais lotados e maior tempo de viagem.

Em resposta aos protestos contra os cortes de linha que aconteceram em vários bairros da cidade, em fins de 2013 o Secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que não é verdade que os cortes de linha não favorecem os empresários e convidou os manifestantes para debater: “eles estão errados do ponto de vista do conceito. Esse debate eu faço com eles a hora que eles quiserem, não tem problema.” (fonte: https://tinyurl.com/pw8uy48)

Ora, se o Secretário quer mesmo debater a qualquer hora, convidamos ele para discutir isso com a população abertamente no dia 20/02, quinta-feira, às 18h em frente à Prefeitura.

A linha de ônibus que você pegava foi cortada? Alguém consultou os passageiros antes? Você sabe o motivo? Quem ganha com os cortes de linhas?

Venha ao debate e faça essas perguntas e todas as outras que você quer saber diretamente com Secretário de Transportes, que diz estar aberto para explicar.

Página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/489572097820669/493544524090093/?notif_t=plan_mall_activity

Trabalho de Base. Resenha do documentário A Partir de Agora

February 10, 2014 por: admin categoria: artigos

por Leo Vinícius

Assisti no último fim de semana ao documentário  A Partir de Agora – As jornadas de junho no Brasil de Carlos Pronzato. Vou tecer aqui alguns comentários.

Certamente vale assistir A Partir de Agora. Acho que o documentário traz todos os elementos que estiveram implicados no desenrolar das manifestações de junho de 2013, através da fala dos entrevistados. No entanto, eu, particularmente, se dominasse o ofício de fazer documentários, gostaria de fazer um documentário mostrando as movimentações e táticas usadas dos dois lados na luta explícita de classes que ocorreu em junho de 2013. E nisso, esse meu hipotético documentário, contribuiria para aquilo que um dos entrevistados apontou como uma de suas principais preocupações: como será lembrada as lutas de junho, como uma vitória histórica da capacidade de organização de um movimento que luta por transporte público e gratuito, ou uma manifestação de gente enrolada na bandeira do Brasil “contra tudo que está aí” ou contra os políticos? continua →

marcadores:

[MPL Rio e Niterói] Sobre o ato do dia 28 e a jornada de lutas que se inicia

January 31, 2014 por: admin categoria: comunicado

O ano se iniciou após o MPL-Rio e o MPL-Niterói terem organizado seu primeiro ato, em 20 de Dezembro, construído com outras organizações, indivíduos e movimentos. A luta contra o aumento das passagens municipais foi retomada após o Prefeito Eduardo Paes declarar que ele ocorreria em Janeiro de 2014. Porém no dia do ato o Tribunal de Contas do Município aconselhou que o prefeito não aumentasse as passagens, devido às irregularidades na analise das contas que envolvem a FETRANSPOR. Seguida da posição do prefeito de esperar até Fevereiro para ter a resposta do órgão, no mês Janeiro ficou suspenso de aumento na tarifa municipal no Rio. continua →

January 30, 2014 por: admin categoria: imagens

As tarifas aumentarão no Rio e haverá luta pela redução

January 30, 2014 por: camarada_d categoria: daniel guimarães

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou hoje que as tarifas de ônibus serão aumentadas, a partir do dia 8 de fevereiro, de R$ 2,75 para R$ 3,00. O Movimento Passe Livre do Rio de Janeiro já vinha organizando a luta para resistir a esse reajuste (e ao já em vigor nas linhas intermunicipais e autorizado nos trens) que significa o aumento no número de pessoas que podem andar de ônibus, reduzindo a liberdade de deslocamento dos mais pobres pela cidade, e precarizando a vida dos que ainda conseguem pagar pelas passagens – desde que deixem de gastar seus rendimentos com outras coisas.

Não é demais associar o aumento nas tarifas com a política de proibição do acesso de populações mais pobres, sobretudo jovens, como no caso dos rolezinhos nos shoppings e nas praias, assunto abordado no artigo abaixo, Pelo direito ao “rolezinho” pela cidade. A lição é clara: tarifa é muito mais do que fonte de custeio do sistema, é um método pouco sutil de controle sobre quem pode ou não pode ir a determinados lugares, em determinados horários.

Veja abaixo como foi a manifestação contra os aumentos puxada pelo MPL Rio, realizada na última terça, dia 28. A próxima está marcada para o dia 6, a partir das 17h, com concentração na Candelária. continua →

PH Lima – Rap O Bandido do Rio

January 30, 2014 por: admin categoria: áudios

“No estado que o bueiro explode, explode também a passagem da barca. No trem da Supervia o povo leva chicotada.”

marcadores: