[SP] Movimento Passe Livre organiza projeto de lei de iniciativa popular sobre tarifa zero no transporte

por Jéssica Santos de Souza

São Paulo – Ativistas do Movimento do Passe Livre (MPL) estão desenvolvendo um projeto de iniciativa popular para assegurar tarifa zero no transporte público municipal de São Paulo. O objetivo é que o transporte seja financiado de maneira indireta, diferentemente do atual modelo misto – que combina subsídio da prefeitura com a passagem paga na catraca pelo passageiro. O início do processo de coleta de assinaturas de apoio deve começar em maio. Continue reading “[SP] Movimento Passe Livre organiza projeto de lei de iniciativa popular sobre tarifa zero no transporte”

Transporte público foi o principal tema dos quadrinhos

por Julia Dietrich

A primeira oficina aberta à comunidade de 2011, a atividade de “Comics Power”, reuniu cinco jovens bastante interessados em transformar o mundo a partir da linguagem dos quadrinhos. Seguindo a metodologia de Shared Sharma, idealizador da proposta de Comics Power, os jovens se reuniram para discutir os temas que os mobilizavam. Questões como acesso à saúde, educação e cultura foram amplamente debatidas, mas o tema do acesso ao transporte de qualidade e a baixo custo foi o assunto escolhido. Continue reading “Transporte público foi o principal tema dos quadrinhos”

Nove pessoas são detidas em manifestação na zona sul de São Paulo

Grupo chegou a bloquear a estrada do M’Boi Mirim e polícia utilizou gás de pimenta para conter o protesto

Nove pessoas foram detidas durante a manifestação feita por cerca de 400 pessoas, nesta quinta-feira, na estrada do M’Boi Mirim, na altura da avenida Inácio Dias da Silva, na zona sul de São Paulo. A via ficou bloqueada durante parte da manhã pelos manifestantes, que pediam melhores condições de transporte público e dos serviços de saúde na região. Continue reading “Nove pessoas são detidas em manifestação na zona sul de São Paulo”

SPTrans entrega à Justiça relatório sobre aumento da tarifa de ônibus

Conteúdo do documento não foi divulgado; desde janeiro bilhete custa R$ 3.
Aumento na passagem motivou protestos desde o início do ano.

A SPTrans, empresa da Prefeitura que gerencia o transporte coletivo na capital paulista, entregou ao Tribunal de Justiça de São Paulo na noite desta segunda-feira (25) um relatório com as justificativas do aumento da passagem de ônibus na capital paulista para R$ 3 em janeiro. A informação foi confirmada pelo tribunal nesta terça (26). Continue reading “SPTrans entrega à Justiça relatório sobre aumento da tarifa de ônibus”

Florianópolis contra a tarifa

Um novo ciclo da luta pelo transporte público parece se esboçar na cidade de Florianópolis. Após a extensa jornada de mobilização contra o aumento da tarifa construída em 2010 (veja aqui), a necessidade de um debate mais amplo e profundo sobre a questão do transporte e da mobilidade urbana foi sentida pela Frente de Luta pelo Transporte Público (que aglutina diversos movimentos da cidade, como o Movimento Passe Livre, além de outras organizações e militantes independentes). Isso porque percebemos que as mobilizações contra os aumentos das tarifas, apesar de extremamente importantes para colocarmos em evidência a crise que vive o sistema de transporte da cidade, não tocam no centro do problema, mantendo a estrutura e a lógica de exploração do transporte coletivo, mesmo quando obtivemos vitórias nas jornadas de luta passadas.

Continue reading “Florianópolis contra a tarifa”

Tarifa zero, isso ainda vai ser grande no Brasil

Rugby é um esporte sobre o qual não conheço nada além de ser o primo pobre do futebol. Um esporte cuja caricatura é um inglês rude, banguela, de camisa listrada cheia de barro. Quem se lembra da propaganda de uma empresa de material esportivo que dizia “Rugby, isso ainda vai ser grande no Brasil”? Perfeita! Mas vem do rugby uma das boas novas do dia (certamente sairão outras da reunião da Frente de Luta pelo Transporte Público de Floripa). No início de novembro se iniciará a Copa do Mundo de Rugby, em Auckland, na Nova Zelândia e, pra nossa grata surpresa, o evento contará com um considerável incentivo ao uso do transporte coletivo em detrimento do individual: quem tiver um ingresso para assistir às partidas em Auckland terá também acesso ao transporte coletivo sem a necessidade de pagar a tarifa.

A justificativa dos organizadores é fazer com que os deslocamentos para os jogos sejam rápidos, evitando engarrafamentos e filas nas estações de trem e metrô. De quebra, mesmo sem perceber, darão uma ajudinha para fazer do transporte sem tarifa algo que vire questão de lógica, algo que alguém não ouse questionar, como é lógico ter um sistema de saúde e educação públicos. A perspectiva, segundo site oficial do evento, é reduzir o uso de 60% dos carros particulares na fase de classificação e 75% nas finais. Não é a primeira vez que esta idéia é aplicada em Auckland. Em 2008, durante outro evento deste esporte verdadeiramente e quase que exclusivamente bretão, os organizadores estimam que 12 mil fãs que possuíam ingressos largaram seus carros para usar o transporte coletivo. Continue reading “Tarifa zero, isso ainda vai ser grande no Brasil”

Estudantes promovem debate sobre tarifa zero

Evento será nesta quinta-feira (28) às 17h30 no anfiteatro da Geografia da USP, no Butantã (SP)

O Movimento Passe Livre de São Paulo (MPL-SP) e o Coletivo de Estudantes em Defesa da Educação Pública promoverão nesta quinta-feira (28) um debate sobre o direito ao transporte, mobilidade urbana e a viabilidade do projeto Tarifa Zero.

O evento será realizado na Universidade de São Paulo (USP), no anfiteatro da Geografia (Av. Prof. Lineu Prestes, 338), a partir das 17h30.

O debate será aberto ao público e contará com a presença do engenheiro Lúcio Gregori, ex-secretário de transportes da cidade de São Paulo (entre 1990-1992 na gestão Luiza Erundina) e idealizador do projeto Tarifa Zero, de Mauro Zilbovicius, engenheiro e professor da Escola Politécnica da USP (Poli-USP), Chico Whitaker, fundador do Fórum Social Mundial, e um militante do MPL-SP. Continue reading “Estudantes promovem debate sobre tarifa zero”

Carta de Convergência do Seminário de Mobilidade Urbana da Frente de Luta pelo Transporte Público

Florianópolis vive há anos uma crise de mobilidade urbana, em particular no sistema de transporte coletivo. Esta crise atinge a população de forma mais nítida nos momentos em que se elevam as tarifas, mas ela também se manifesta em outras situações. Por exemplo, no fato de o sistema de transporte ser operado hoje de forma ilegal – uma vez que os contratos das empresas que exploram o transporte coletivo estão vencidos desde 2010. Esta crise não é um “privilégio” da capital catarinense. Em todo o país, as políticas para a mobilidade priorizam o uso do transporte individual em detrimento do coletivo. Seguem a lógica do controle social e econômico: por meio da tarifa e dos horários dos ônibus define-se quem pode ou não circular pela cidade, ir aos hospitais, locais de estudo; usufruir dos bens, serviços e todos os lugares de lazer que ela oferece. Quem tem dinheiro, pode. E quem não tem? Tudo organizado sem a participação da sociedade.

Por conta disso, a Frente de Luta pelo Transporte Público organizou um Seminário de Mobilidade Urbana, realizado em abril de 2011, para discutir um novo projeto político para o transporte. As reivindicações estão centradas em três grandes eixos, que nos servirão para a construção de um novo modelo, realmente público e de qualidade, que não seja pautado pelo lucro.

1- Transporte como Direito: Continue reading “Carta de Convergência do Seminário de Mobilidade Urbana da Frente de Luta pelo Transporte Público”

[Floripa] Grito contra o aumento da passagem

por Leonardo Gorges

foto Flora Lorena (MPL)

O segundo dia útil após o aumento da tarifa de ônibus em Florianópolis foi marcado por protestos. Manifestantes ligados ao Movimento Passe Livre e à Frente de Luta pelo Transporte Público percorreram diversas ruas do Centro da Capital no começo da noite de ontem para reclamar dos novos valores.

Eles chegaram a marchar durante 15 minutos pela Avenida Mauro Ramos, complicando o trânsito de umas das vias mais movimentadas da cidade em pleno horário de pico. Após a passeata, que durou aproximadamente uma hora, os manifestantes se encaminharam para a frente da Câmara Municipal da Capital. Enquanto aguardavam para que um de seus líderes, Victor Khaled, discursasse no plenário, um princípio de confusão se formou. Continue reading “[Floripa] Grito contra o aumento da passagem”

Primeiro dia útil das novas tarifas de ônibus começa com manifestação em Florianópolis

por Guilherme Lira

O primeiro dia útil com as novas tarifas do transporte público coletivo de Florianópolis começou com um desentendimento entre os membros da Associação dos Usuários de Transportes Coletivos (Autranscol) e a Guarda Municipal, durante uma manifestação no Terminal do Centro (Ticen).

Os manifestantes criticam a Guarda Municipal por arrancarem as faixas e cartazes que eles haviam fixado no calçadão em frente ao Ticen. Segundo o presidente da associação, Cleocir Antônio Correia, o agentes esperaram que eles saíssem de perto do material para arrancá-lo e levá-lo. Continue reading “Primeiro dia útil das novas tarifas de ônibus começa com manifestação em Florianópolis”