Governo concede mais benefícios para a indústria do automóvel

Não sei se enquadro esta notícia na categoria “Não existe dinheiro pra tarifa zero?” ou se abro uma nova sobre incentivo ao transporte individual:o governo federal concederá até julho de 2016 redução na alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos produzidos no Brasil. A justificativa oficial é “propiciar o aumento da competitividade da indústria nacional e estimular a instalação de fábricas no Brasil”.

Ok, conta outra. O resultado nós já conhecemos, basta ler qualquer comunicado do Ipea – instituto ligado à presidência – ou andar normalmente pelas ruas das cidades brasileiras. Se esta medida, de benefício ao transporte individual, propiciara algo é o aumento da imobilidade. Pobre de nós, povo que vive esmagado dentro de ônibus, que perde em média (contando com a ajuda de cidade menos populosas) 40 minutos do dia no trânsito, que gasta mais com transporte do que com alimentação. Ou que simplesmente não pode se locomover pela cidade por falta de dinheiro.

Incentivo fiscal para estádio pode, incentivo fiscal para indústria automobilística pode. Transporte como um direito universal? Não pode.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *