[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] Mais R$ 223 milhões para o Maracanã

(foto: Genílson Araújo)

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou na noite desta terça-feira um empréstimo do governo estadual de US$ 120,6 milhões (cerca de R$ 223 milhões) junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) para a reforma do Maracanã. O pedido foi enviado pelo governador Sérgio Cabral no início deste mês em caráter de urgência.

Segundo o governo, a operação vai permitir fechar a engenharia financeira da reforma do estádio para a Copa-2014, orçada em R$ 775,8 milhões. Deste total, o estado do Rio pegará emprestado R$ 400 milhões com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), cujo contrato está aprovado. R$ 147 milhões foram retirados do orçamento estatal e investidos na obra este ano. O restante será complementado com o empréstimo do CAF.

A Alerj vai encaminhar o texto ao governador Sérgio Cabral, que terá 15 dias para sancionar a autorização.

Retirado de http://www.lancenet.com.br/flamengo/milhoes-Maracana_0_562143963.html

Relato sobre o papel da imprensa Itupevense e as manifestações pela tarifa zero

MPL Itupeva (mais fotos no fim do post)

Itupeva, cidadezinha do interior paulista, onde dificilmente coisas extraordinárias ocorrem, continuou sem nada de extraordinário por esses tempos… Mas houve um tentativa louvável por parte do Movimento Passe Livre daqui, que está aprendendo a duras penas como os contornos de matérias jornalistas podem ser tão maleáveis!

O nosso movimento, já há algum tempo, vem se engajando na pauta da Tarifa Zero para o Transporte “Público” de Itupeva. Panfletado pela cidade e divulgando o site http://tarifazero.org, muitas pessoas disseram que concordavam com a pauta e que achavam um absurdo o recente aumento dos ônibus que passaram de R$2,70 para R$3,00. Nosso retorno nessas atividades foi direto e verdadeiro. No entanto, em nossa primeira manifestação topamos com uma situação bem diferente.

Mutirão de coleta de assinaturas pela tarifa zero em São Paulo: sexta, 23

Sexta-feira, dia 23 de setembro: Haverá uma banquinha da Tarifa Zero na esquina da av. Paulista com a r. Augusta, em frente ao Center 3. A partir das 13h.

TRANSPORTE É UM DIREITO!

Serviço público é aquele que não tem exclusão, que permite o acesso de todos. Assim funciona, por exemplo, com saúde e educação. Ninguém é obrigado a pagar uma taxa para freqüentar uma escola ou um hospital público, pois o acesso a esses serviços é considerado um direito.

Mas e o transporte, não é um direito também? Então por que a gente paga essa tarifa absurda de 3 reais para andar de ônibus? Hoje 37 milhões de brasileiros não podem usar ônibus regularmente porque não conseguem pagar a passagem. Já os que conseguem pagar estão condenados a um serviço de péssima qualidade, com ônibus lotados e escassos, pois o planejamento do sistema de transportes está nas mãos das empresas, que só querem lucro. Continue reading “Mutirão de coleta de assinaturas pela tarifa zero em São Paulo: sexta, 23”

Transporte, um direito social – por Luiza Erundina

por Luiza Erundina

A locomoção nas cidades, especialmente nos grandes centros urbanos, é um enorme problema para a população em geral, mas sobretudo para os trabalhadores que dependem do transporte coletivo para deslocar-se de casa para o trabalho.

Representa também um grande desafio para os gestores públicos que devem responder com uma política de transporte capaz de atender aos vários aspectos da questão, como as grandes distâncias a serem percorridas; o trânsito caótico em ruas e avenidas onde automóveis e coletivos disputam freneticamente o espaço exíguo para um tráfego intenso; e o elevado custo do serviço. Continue reading “Transporte, um direito social – por Luiza Erundina”

[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] Kassab planeja gastar R$ 3,5 bi em túneis

por Tiago Dantas

Cinco projetos estão prontos, mas só um tem autorização para começar; vizinhos de praça no Butantã conseguiram mudar traçado de obra

A Prefeitura de São Paulo pretende investir, nos próximos anos, cerca de R$ 3,5 bilhões na construção de cinco túneis. Urbanistas acreditam que gastar tanto com obras viárias que serão utilizadas apenas por carros não vai diminuir o trânsito na cidade. O dinheiro seria suficiente para fazer ao menos 17 quilômetros de metrô, o que, segundo especialistas, teria mais impacto na redução de congestionamentos.

“Não dá para dizer que São Paulo jamais deveria fazer novos túneis ou viadutos”, argumenta Marcos Bicalho, superintendente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP). “O problema é que uma obra dessas provoca menos impacto que o transporte público e ainda coloca mais carros na rua, pois incentiva o transporte individual.” Segundo Bicalho, estudos mostram que cada quilômetro de metrô custa entre R$ 170 milhões e R$ 200 milhões, descontada a complexidade da obra e as desapropriações. Continue reading “[Não tem dinheiro pra tarifa zero?] Kassab planeja gastar R$ 3,5 bi em túneis”

Metrô de SP tem sua pior avaliação, diz Datafolha

por Evandero Spinelli

A ampliação do número de linhas e estações vem trazendo cada vez mais gente para o metrô de São Paulo. Ao mesmo tempo, o sistema vem apresentando constantes falhas, causando transtornos aos usuários, o que se reflete na avaliação do serviço.

Pesquisa Datafolha revela que nunca os paulistanos tiveram avaliação tão ruim do metrô, meio de transporte adotado por 35% dos moradores, maior taxa da história. Continue reading “Metrô de SP tem sua pior avaliação, diz Datafolha”

[Teresina] Prefeito suspende decreto e a tarifa de ônibus volta a R$ 1,90

Os estudantes comemoram a decisão e saem em passeata pela avenida Frei Serafim. Prefeito concederá entrevista.

O prefeito de Teresina, Elmano Férrer, vai conceder coletiva à imprensa para falar sobre as manifestações e a tarifa de ônibus. Férrer vai anunciar que suspendeu o decreto até que seja concluída a auditoria. A passagem volta a ser R$ 1,90.
A decisão surge após uma reunião com o secretariado e de admitir ao Cidadeverde.com que poderia suspender o decreto, na manhã desta sexta(02).

Gritos de guerra de comemoração

Os estudantes sobem para a avenida Frei Serafim comemorando muito, com gritos de guerra e palavras de ordem. “Derrotamos o prefeito, derrotamos os grandes!” e grito de guerra: “Ah! Que é que é isso Teresina tá tomada. Ah! Que é isso Teresina tá tomada! É a Frei Serafim! É a Ponte Estaiada! Teresina está tomanda!”
Sete viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão na entrada da ponte Juscelino Kubstichek e libera o trânsito aos poucos, recomendando que motoristas dirijam devagar, pois os estudantes fazem passeata pela avenida Frei Serafim.
Retirado de http://www.cidadeverde.com/prefeito-suspende-decreto-e-a-tarifa-de-onibus-volta-a-r-1-90-83440