[Manaus] Tarifa reajustada do transporte coletivo passa a valer no próximo sábado

foto por Ney Mendes

texto por Ana Carolina Barbosa

A liminar que impedia o reajuste da tarifa de R$ 2,25 para R$ 2,75 foi derrubada pelo juiz plantonista, desembargador Domingos Chalub, o qual fala sobre o assunto neste momento no TJAM, em entrevista coletiva

O juiz plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Chalub, anunciou na noite desta quinta-feira a suspensão da liminar do juiz Rossilberto Himenes, a qual impedia a prática da tarifa do transporte coletivo da capital reajustada. Segundo informações da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), a nova tarifa de R$ 2,75 – R$ 0,50 a mais que a tarifa atual – passa a valer a partir deste sábado (22/10).

No último dia 7, foi publicado o decreto assinado pelo prefeito Amazonino Mendes que determinava o aumento e que passaria a valer no feriado do Dia das Crianças (12/10). A tarifa, mesmo com suspensão por ordem judicial sob a alegação de que faltavam provas do cumprimento das condições previstas no contrato assinado após a licitação, foi praticada pelas dez empresas que detêm a concessão do serviço na capital, por dois dias seguidos.

A ação que culminou na suspensão foi de autoria do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE), o qual se manifestou, no início da semana, sobre a polêmica, informando por meio de nota que o aumento poderia ser concedido com a comprovação do cumprimento do contrato. Nele, o reajuste fica liberado após a chegada de metade da frota nova prevista para Manaus, ou seja, cerca de 350 ônibus, o que, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetran), já havia sido feito.

Retirado de http://acritica.uol.com.br/manaus/Tarifa-reajustada-transporte-coletivo-sabado-Amazonia-Amazonas-Manaus_0_575942932.html


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *