Haddad, um prefeito descolado (das necessidades da população)

Fica o registro de que Haddad, o prefeito que anda apostando no marketing da imagem moderna, pensa politicamente tal como o PP e o PSDB de dez anos atrás. Tanto na relação com a população, como no pensamento sobre o direito à cidade. Aumentar a tarifa significa aumentar o número de pessoas excluídas do sistema de transporte – hoje perto de 40 milhões no Brasil. Já que o sistema nesse paradigma é custeado quase que exclusivamente pelos seus usuários, quanto menos consumidores maior será o preço a se pagar. Uma pena Haddad não perceber que o transporte beneficia a cidade por inteiro e, portanto, há uma flagrante injustiça em cobrar apenas dos seus usuários o custeio do sistema. É um paradigma injusto, cruel e burro. Continue reading “Haddad, um prefeito descolado (das necessidades da população)”

Tarifa Zero e mobilidade sustentável

Palestra proferida no dia 12 de julho de 2013, às 19h, no auditório da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia — UFBA

Destaques para a fala de Caio Ferreira (aos 25 minutos), do Movimento Passe Livre São Paulo, e Luiza Erundina (aos 38 minutos), deputada federal e ex-prefeita de São Paulo (1989-1993), gestão que formulou o Projeto Tarifa Zero.

Controle infame!

por Camila Betoni

Na região da Lombárdia, bem ao norte da Itália, encontrei essa pixação em uma pequena estação de trem perto de Milão. “Lembre-se de não pagar a passagem! Controle infame!”. Nos trens da Itália não há catracas, o controllori acontece quando os guardinhas das empresas passam pelos vagões cobrando os bilhetes dos passageiros. Deu pra ver que aqui a mercantilização do direito de circular também é vista como injusta, como infame. Era pra foto ter saído melhorzinha, mas as janelas do trem estavam muito sujas. Por uma vida sem controle!

Dessas coisas curiosas que acontecem na vida

Fui convidado pelos amigos Carlos Henrique Siqueira e Gustavo Amora paras participar do “IN.CA Cast – Conversas sobre arte e política”, um PodCast sobre assuntos diversos. Nesta edição o tema foi sobre Território e Mobilidade Urbana em Brasília.

Cheguei lá e bati um papo super interessante com eles e com o Thiago de Andrade, à época falando pelo Instituto de Arquitetos de Brasília – IAB. Foi uma conversa cheia de convergências, análises críticas e de balanço das últimas gestões, apresentações de nossas percepções sobre Brasília. O resultado final é essa gravação de uma hora e cinquenta minutos, que disponibilizo a quem tiver interesse e tempo pra ouvir.

Continue reading “Dessas coisas curiosas que acontecem na vida”