[São Paulo] Breve relato sobre a aula pública com Lúcio Gregori e Paulo Arantes

por Pedro Beresin (originalmente publicado na página da X Bienal de Arquitetura no Facebook)


Foto: Camila Svenson

Ontem (27/06), em evento organizado pelo MPL (Movimento Passe Livre), o engenheiro Lúcio Gregori e o filósofo Paulo Arantes ministraram aula pública sobre as atuais manifestações em frente à Prefeitura Municipal. Em sua fala, Lúcio Gregori se ateve ao projeto de política pública Tarifa Zero, criado em 1990, sob sua gerência da Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo. O argumento é de ordem estrutural: se a iluminação das ruas, a pavimentação de vias, a coleta de lixo e diversos outros serviços públicos são tarifa zero, não há motivo para que não o seja também o transporte. Nas palavras do engenheiro e dos militantes do MPL, a mobilidade é condição essencial para o usufruto da cidade, em posto igual à educação, habitação, saúde e os outros serviços citados, portanto, porque não torná-lo um serviço público também?

Continue reading “[São Paulo] Breve relato sobre a aula pública com Lúcio Gregori e Paulo Arantes”